sábado, 17 de setembro de 2011

BIBLIOTECA RITA MONTES BARBOSA








Projeto de Lei que nº 008/2010 O prédio público destinado ao funcionamento da Biblioteca Municipal, sito nesta cidade de Arenápolis-MT, receberá o nome de “BIBLIOTECA MUNICIPAL PROFª. RITA MONTES BARBOSA”

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Lixo eletrônico: veja onde descartar

Lixo eletrônico: veja onde descartar 
Agora é lei: resíduos sólidos como geladeiras, computadores e baterias não devem mais ser despejados em lixões comuns 

Leia a matéria na integra  

Agora é lei! Aprovada há quase um ano, a Política Nacional de Resíduos Sólidos define regras para a gestão de toda a sucata, na qual se encaixa também o lixo eletrônico. O projeto de lei, que tramitou por mais de 20 anos no Congresso Nacional, responsabiliza as empresas pelo recolhimento de produtos descartáveis. Mas, não só as empresas. Os consumidores também têm responsabilidades perante o novo código.

"Ele trata basicamente de três grandes grupos de registro como os fabricantes, distribuidores, importadores. Eles terão que fazer uma política reversa, ou seja, trazer de volta aquele produto quando ele não tiver mais utilidade", explica João Carlos Redondo, gerente executivo de sustentabilidade da Itautec.

Hoje, os resíduos sólidos, como pneus, geladeiras, televisores, pilhas, baterias, computadores e tudo mais são jogados no lixão comum. A presença de metais pesados e outros elementos químicos traz graves riscos ao meio-ambiente.

A nova lei prevê deveres para todos: desde o fabricante, passando pelo vendedor e, finalmente, chegando ao consumidor.

"Cabe aos vendedores estabelecer um canal para receber este material e a logística de transporte até o reciclador, e cabe ao fabricante informar ao consumidor o que se deve ou não fazer com produto obsoleto, e os cuidados que ele deve ter no manuseio e descarte", conta João Carlos Redondo.

Apesar de ter sido aprovada em agosto do ano passado, a lei dos resíduos sólidos ainda não está em vigor. Faltam muitos desafios a serem vencidos como acordos setoriais, metas para cada categoria de lixo e toda a questão da logística reversa. A expressão significa o processo de recolhimento que as empresas precisam fazer. Sempre se pensou em como distribuir mercadorias. Agora, é preciso criar mecanismos para recolhê-las.

Por outro lado, mesmo antes que essa consciência ambiental chegasse às leis, muita gente já se envolvia com a reciclagem desse tipo de material. Há pouco mais de um ano, esta cooperativa se dedica a coletar lixo eletrônico para que ele seja devidamente tratado, e não vá parar nos aterros sanitários. Aqui, o que poderia ser um problema ambiental, se transformou num negócio. "Qualquer um pode trazer pra gente, se tiver no bairro Lapa ou Campo Limpo, onde já está instituído um calendário anual, pode até aguardar para ser retirado na casa dela ou, ainda, pode ligar pra gente e agendar uma data para fazer a retirada", conclui Alex Luiz, presidente da Coopermiti.

Acessado dia 13 de julho de 2011 às 06:57 

ProUni - Matrícula para segunda chamada deve ser feita até 19 de julho

Terça-feira, 12 de julho de 2011 - 09:39
 
Está liberado para consulta, pela internet, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) referente a este segundo semestre. O prazo para apresentação dos documentos e matrícula nas instituições de ensino superior participantes do programa vai até o dia 19 próximo.


 
No dia 25 será divulgada a terceira e última chamada. Os candidatos selecionados terão até o dia 29 para apresentar os documentos e fazer a matrícula.

Ao fim das três chamadas, os candidatos excluídos da pré-seleção ou pré-selecionados em cursos sem formação de turma podem manifestar interesse em entrar na lista de espera. O prazo para manifestação de interesse vai de 6 a 8 de agosto. A lista será usada pelas instituições de ensino participantes do programa para a oferta das bolsas ainda existentes.

Criado em 2004, o ProUni oferece a estudantes de baixa renda bolsas de estudos em instituições de educação superior particulares em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Na edição deste segundo semestre, o ProUni registrou a inscrição de 460.745 candidatos a 92.107 bolsas de estudos. O número de inscritos superou a marca anterior, do processo do segundo semestre de 2009, de 380.935 candidatos.

Os candidatos podem conferir o resultado e o cronograma do ProUni na página do programa.

Assessoria de Imprensa da Sesu

Acessado dia 13 de julho de 2011 às 06:44